sexta-feira, 11 de julho de 2008

PRESTIGIE OS AMIGOS



Você tem um amigo médico? Que tal prestigiá-lo indo fazer uma consulta gratuita? Informe ao seu amigo dentista que você vai fazer um tratamento de canal com ele, para prestigiá-lo. Seu amigo tem uma loja de artigos esportivos? Pega logo um adidas, um puma, modelinho caro, que assim o prestígio é maior.
Quando alguém estréia uma peça de teatro, os amigos dizem que irão prestigiá-lo. Pedem logo o convite, óbvio, quem vai pagar prá ir ao teatro né.
"Ah não, quinta eu não posso, tem que ser sábado ou domingo."
"Não tem mais uns aí não? Tem uns colegas lá do serviço que adoram teatro, vão querer te prestigiar também."
"Pô véio, desculpa, não deu prá gente ir, teve jogo. Mas pode deixar, semana que vem a gente tá lá, te prestigiando. O convite vale semana que vem né?"
Tem uma frase atribuída a Cacilda Becker que não sei se foi mesmo dita por ela, mas é ótima: "Não me peçam de graça a única coisa que tenho para vender".
E então, quantas vezes o amigo já pagou para ir ao teatro? A enquete está no ar, vota aí.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Boa Frase, Luiz :D

    Realmente, faço design gráfico e as vezes o pessoal vem me procurar pra fazer 'correçõezinhas' no photoshop, coisa de amigo.

    Oras, fazer isso sem cobrar é estupro mental!! Eu cobro por isso pô!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Em relação ao teatro eu nunca fui, mas passo por essa situação frequentemente em minha profissão. Mostrar o caminho das pedras eu faço, mas trabalhar de graça não. Há excessões, mas elas não podem se tornar um padrão.

    ResponderExcluir

Achou meio complicadinho comentar? Olha só, nas opções que pedem aí, você pode marcar "anônimo". Não, você não vai estar comentando nada escondido e nem sacaneando com meu blog. Esta é a forma para permitir que todo mundo possa comentar. Aí, se quiser que eu saiba quem é você que comentou, basta assinar.
Be-a-bá demais? Né não, muita gente falou dessa dificuldade e saiu sem deixar recado. Agora todo mundo pode! :-)